Profissional

Barbotherm

Isolamento Térmico e Proteção

O que é?

O isolamento térmico BARBOTHERM é um sistema profissional que pode ser aplicado em qualquer habitação para isolar o interior das temperaturas exteriores, impedindo o frio de entrar no inverno e o calor no verão, mantendo uma temperatura amena o ano inteiro.

Mais isolamento e proteção do que nunca do exterior para o interior

Como funciona?

Este sistema é constituído por várias camadas, massa de colagem, placa isolante, rede, primário e acabamento, que juntos agem como uma barreira impenetrável, impedindo trocas de energia entre o exterior e o interior.

Onde pode ser aplicado?

Pode ser aplicado em qualquer habitação, seja construção nova ou reabilitação.

Que cores pode ter?

A última camada é uma massa de revestimento decorativo, que pode ser afinada em diverssas vores.

Como protege?

Ao reduzir o imapcto das temperaturas BARBOTHERM evita o aparecimento de fissuras através da expansão e contração das superfíscies. Para além disso, a barreira criada impermeabiliza as paredes reduzindo a condensação e o aparecimento de fungos.

Vantagens

Esquema de Aplicação

barbotherm_esquema_web

Suporte ou alvenaria existente

Massa Barbotherm

Placa de Isolamento EPS

Massa Barbotherm

Rede Fibra de Vidro BT 760

Massa Barbotherm

Barboprimer (regulador de fundo)

Massa de Revestimento Final (MRF)

Bucha de Fixação

Perfil de Cantoneira

Fixação do perfil de arranque

Fixação do perfil de arranque

Preparação do Suporte

O suporte para aplicação do Sistema BARBOTHERM pode ser constituído por paredes em:

  • Alvenaria de tijolo
  • Betão
  • Reboco

Este deverá apresentar uma superfície plana, sem irregularidades significativas ou desníveis superiores a 1cm sob uma régua de 2m.

Sempre que necessário, e caso existam zonas de encosto de terras para proteção, a área inferior deve ser impermeabilizada com Isolante Betuminoso Barbot, antes de se aplicar o Sistema BARBOTHERM.

Os perfis de arranque com espessura adptada às placas de isolamento térmico (EPS, ICB, XPS, Lã de rocha, etc.) são colocados horizontalmente no limite inferior da zona a revestir. Para a sua fixação, devem ser utilizados parafusos zincados e buchas adequadas ao suporte, com afastamento inferior a 30cm. Deverá existir uma fixação a menos de 5 cm das extremidades.

Antes da realização da camada base, e sempre que se justificar, é necessário reforçar zonas particulares (cantos dos vãos ou descontinuidade entre materiais, entre outros) com Rede Fibra de Vidro BT 160 colada sobre as placadas de isolamento.

1. Colagem das placas isolantes

Para coloar as placas de isolamento térmico, deve-se utilizar a Massa BARBOTHERM adicionando 30% de cimento Portland 32,5 (massa em pasta) ou 25% de água (massa em pó), misturando com um agitador mecânico de modo a tornar o composto homogéneo.

Para superfícies regulares deve utilizar-se o método de barramento com Massa BARBOTHERM na face de colagem da placa isolante.

Em superfícies irregulares e/ou alvenaria aconselha-se a colagem das placas isolantes por pontos (sete pontos por placa, por exemplo) de modo a evitar consumos excessivos de Massa BARBOTHERM.

Nas ligações do sistema com as caixilharias, peitoris ou outras saliências na fachada deverá existir uma folga com cerca de 5 mm para realização de masticagem com produto Barbot.

Para o ajudar a implementar o Sistema BARBOTHERM, a Barbot disponibiliza um serviço integrado de apoio e aconselhamento técnico. Consulte-nos.

2. Fixação das placas isolantes

Recomenda-se a utilização de fixações mecânicas a serem aplicadas nas placas isolantes, agregando-a juntamente com os pontos de Massa BARBOTHERM.

São utilizadas fixações compostas por rebites em PVC de cabeça circular com, pelo menos, 50 mm de diâmetreo, adequados ao suporte e à espessura das placas de isolamento.

Estes elementos devem ser colocados após secagem da camada de aderência da Massa BARBOTHERM (aproximadamente 16 horas). Em todas as arestas do sistema deverão ser colocados perfis metálicos em alumínio ou PVC (com ou sem rede incorporada) colados diretamente sobre as placas isolantes com Massa BARBOTHERM. São sempre aplicados por baixo da rede Fibra de Vidro BT 160.

Não deverão ser utilizados pregos para posicionar as cantoneiras até à sua colagem.

3. Aplicação de rede de fibra de vidro BT 160

Após a colagem das placas e dos elementos de reforço nos pontos singulares, a superfície do isolamento térmico é revestida com uma primeira camada de barramento de Massa BARBOTHERM (entre 1.5 mm a 2 mm). A Rede de Fibra de Vidro BY 160 com tratamento anti-alcalino e uma gramagem de 150 g/m2 é aplicada sobre esta camada de massa BARBOTHERM ainda fresca, utilizando uma talocha ou palustra em inox.

Nunca aplicar a armadura diretamente sobre a placa isolante.

Após secagem da primeira camada de Massa BARBOTHERM é aplicada uma última camada (entre 1 a 1.5 mm) de modo a recobrir totalmente a Fibra de Vidro BT 160.

Esta fase deve ser executada com máximo cuidado de modo a não deixar irregulariedades, já que podem influenciar negativamente o aspecto decorativo do acabamento com Massa de Revestimento Final.

4. Aplicação de regulador de fundo

Depois da última camada de Massa BARBOTHERM estar seca, é aplicada uma demão de Tinta Barbocril Plus D. Este produto é aplicado com rolo, trincha ou pistola.

5. Acabamento decorativo

O acabamento final é conseguido com Massa de Revestimento Final na granulometria fina, média ou grossa.

Este produto comporta na sua composição: resinas acrílicas, aditivos anti-fungos e algas e hidrorrepelentes que permitem uma alta durabilidade e resistência à intempérie, assim como a hidrofugação de todo o envolvente.

No que se refere ao aspeto decorativo, a Massa Revestimento Final é afinável numa vasta gama de cores.

Para mais informações relativas a cores por favor contacte os serviços técnicos da Barbot.

Esquema de Aplicação

barbotherm_esquema_web

Suporte ou alvenaria existente

Massa Barbotherm

Placa de Isolamento EPS

Massa Barbotherm

Rede Fibra de Vidro BT 760

Massa Barbotherm

Barboprimer (regulador de fundo)

Massa de Revestimento Final (MRF)

Bucha de Fixação

Perfil de Cantoneira

Fixação do perfil de arranque

Fixação do perfil de arranque