Escreva o que procura e prima Enter

Barbot inaugura novo centro de investigação e desenvolvimento

Com mais de 90 anos de atividade, a Barbot é um dos principais players nacionais do setor de tintas, diferenciando-se pelo forte investimento em inovação. O novo centro de investigação construído na fábrica em Canelas, Vila Nova de Gaia, é um forte exemplo desta aposta no desenvolvimento de soluções pioneiras.

A Barbot inaugurou um novo centro de investigação e desenvolvimento na fábrica de Canelas, Vila Nova de Gaia. O investimento de 600 mil euros traduz a enorme vontade da Barbot de se manter pioneira no mercado, oferecendo novas e inovadoras soluções.

Com uma área de 310 m², este laboratório acolhe uma equipa de profissionais altamente qualificados em diversas áreas científicas que se dedicam à pesquisa, desenvolvimento e teste de novos produtos, nomeadamente: 4 engenheiros, 1 chefe de laboratório, 1 assistente e ainda 5 técnicos. Para além disso, o espaço está munido de uma série de aparelhos que permitem um controlo exaustivo da qualidade dos produtos em desenvolvimento.

“Aqui tudo é testado, desde o comportamento da tinta dentro de diferentes embalagens, à reação às mais diversas condições meteorológicas, mas também os diferentes acabamentos, as fases de secagem, as resistências mecânicas, químicas e à esfrega, entre muitos outros procedimentos de controlo dos nossos produtos. Isto serve para garantir a qualidade dos produtos comercializados mas também nos permite o desenvolvimento de novas soluções, de forma a oferecer resposta às necessidades do mercado”, explica João Braga, responsável pelo laboratório.

Entre as várias máquinas dispostas no novo centro de investigação e desenvolvimento, está um equipamento exclusivo da Barbot, desenvolvido em parceria com a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Esta parceria permitiu a criação de uma tecnologia que substitui a variável humana de alguns testes de acabamento, uniformizando a aplicação e apresentando uma leitura gráfica dos resultados. Para além desta parceria, a Barbot trabalha também em conjunto com o Instituto Superior de Engenharia do Porto e com o Instituto Politécnico de Bragança.

Esta forte aposta na investigação vai permitir que 2015 seja um ano colorido no que diz respeito a novidades, tal como explica Sofia Miguel, diretora de Marketing da Barbot: “Já no primeiro semestre deste ano a Barbot vai lançar novas soluções técnicas, quer ao nível da construção civil, quer ao nível da decoração de interiores.”

A Barbot possui em Portugal duas unidades de produção, as duas sedeadas em Vila Nova de Gaia. O novo centro de investigação e desenvolvimento veio substituir um já existente, de dimensão insuficiente para o trabalho desenvolvido pela equipa científica da Barbot.